Dor é frescura, medicina da dor CTDOR

Você não tem nada, dor frescura!

Essa é uma frase comum, que infelizmente muitas pessoas que sofrem com a dor crônica ouvem frequentemente.

Acompanhe a história de um homem acometido por uma dor repentina, que causou diversas limitações e constrangimentos em sua vida.

Carlos, um vibrante jogador de futebol, viu-se um dia totalmente limitado por uma dor persistente na coluna. Ele, que sempre foi tão ativo e estava em constante movimento, praticando atividades físicas, passeando com a família e amigos e realizando suas atividades do dia a dia sem nenhuma dificuldade, de um dia para o outro, tudo mudou!

Começou a sentir uma leve dor nas costas e foi procrastinando sua ida ao médico, até que um dia sua coluna simplesmente travou.

Foi então que sua jornada no tratamento para dor crônica na coluna começou. Passou por diversas consultas, em algumas delas o médico mal olhava para o seu rosto, já pegando o receituário e solicitando um monte de exames, além de receitar diversos anti-inflamatórios e analgésicos.

E na grande maioria das vezes escutava: “Carlos, você não tem nada! Tome esse medicamento por 7 dias que você ficará melhor.” Seus amigos e familiares não conseguiam compreender suas limitações e as acusações de exagero e a incompreensão da dor crônica só intensificaram sua luta.

Frustrado com a descrença geral, Carlos já estava depressivo, pois se sentia preso nas amarras da dor. Porém, sempre teve esperança de que encontraria um local que oferecesse o tratamento que precisava. Até que encontrou o CTDOR, um Centro Especializado em Medicina da Dor.

Em sua primeira consulta, saiu animado, pois o médico que o atendeu foi extremamente paciente, quis entender detalhes de como sua dor na coluna começou, como era o estilo de vida de Carlos antes dela surgir e propôs investigar melhor o que estava acontecendo, criando um protocolo de tratamento individualizado.

Carlos finalmente encontrou especialistas comprometidos em oferecer um tratamento personalizado. Seu plano de cuidados foi cuidadosamente adaptado para abordar tanto a dor na coluna quanto outras áreas afetadas, utilizando técnicas e terapias avançadas para alívio e recuperação. 

A história de Carlos, embora fictícia, é um reflexo da jornada de muitos pacientes que enfrentam a dor crônica diariamente. No CTDOR, estamos empenhados em transformar essas histórias com tratamentos eficazes e uma abordagem que valoriza o bem-estar e a qualidade de vida.

Nosso compromisso é com um atendimento humanizado. Cada paciente, como Carlos, é tratado com dignidade e compreensão. Reconhecemos a complexidade da dor crônica e nos dedicamos a oferecer não apenas tratamento, mas também suporte e orientação em cada etapa do caminho. 

Sua dor é real e merece um cuidado especial. Convidamos você a nos conhecer e começar seu caminho para uma vida com menos dor! 

Agende sua consulta e dê o primeiro passo para uma vida plena.

 

Compartilhe: